Arquivo da Categoria: Poesias

Infinito-me de ti

Amiga chegue até a mim, rasgue-se nesta folha Porque o meu um não pode ser três sem o teu par. E o que não é, pode ser sempre quando se casa na afinidade. Tenho os dedos cheio de magia e … Continuar a ler

Publicado em Poesias | Publicar um comentário